Esoterismo, Lendas, Mitos, Parapsicologia, Auto-Ajuda. kiber-sitherc@sapo.pt

05
Jul 10

 

                No seu longo percurso desde terras de Espanha, o rio Guadiana aproxima-se de Mértola e Beja. É entre estas duas localidades, a 6 quilómetros de Serpa, dentro do perímetro do Parque Natural do Vale do Guadiana, que a natureza nos proporciona um dos seus mais belos espectáculos.

 

            O pulo do lobo deu origem a muitas lendas de contrabandistas que ali faziam a sua passagem do contrabando para Espanha

            A Cascata do Pulo do Lobo é uma cascata fluvial, formada pelas águas do rio Guadiana, a montante da cidade de Mértola, tem águas claras e cristalinas que se precipitam de uma queda de mais de 100 metros de altura perdendo-se num mar de espuma pelo meio de uma garganta rochosa de donde desaguam depois para dar lugar a um lago de águas serenas. As margens neste local apresentam-se altas e pedregosas, e tão apertadas que deram origem a uma lenda espectacular em que afirmam os antigos que um lobo em caça as transpõe de um salto.

           

            Um percurso a pé (não há acesso para carros) pelos deslumbrantes cenários que a presença das águas deixa adivinhar leva o visitante a paisagens abertas e solarengas, num passeio sempre acompanhado pelo murmúrio do rio.

 

             Um passeio revigorante, que sem dúvida merece o esforço da caminhada, e para o qual se aconselha o uso de roupa confortável e pedir indicações prévias no Posto de Turismo de Serpa.

 

PROF. KIBER SITHERC

 

Mapa: Serpa  (c) Filipe Moreira / Semantix Todos os direitos reservados

 

kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 12:47


contador
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


contador
pesquisar
 
mais sobre mim
blogs SAPO