Esoterismo, Lendas, Mitos, Parapsicologia, Auto-Ajuda. kiber-sitherc@sapo.pt

23
Jul 10

 

            Os sonhos tratam da vida psíquica e nunca é a morte do sonhador ou da pessoa que se vê morrer que se trata.

 

            A morte do pai significará a morte relativa da espiritualidade, um declínio da actividade criadora e um aumento das tendências materialistas.

 

            A morte da mãe: fim de uma protecção material, anunciando, pois dificuldades de subsistência.

 

            A morte do próprio sonhador: morte do essencial da sua personalidade, dos valores psíquicos que até então tinham sido seus, renúncia das mais caras ambições e actividade numa esfera interior.

 

            A morte de familiares ou amigos significará morte de tendências da nossa personalidade mais ou menos alheias ao nosso autêntico “eu”.

 

             Como a vida interior se projecta no exterior configurando o que nos rodeia, estes sonhos conduzirão a mudanças profundas na estrutura da nossa vida, se bem que não imediatas.

 

PROF. KIBER SITHERC

 

kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 00:30


contador
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


contador
pesquisar
 
mais sobre mim
blogs SAPO