Esoterismo, Lendas, Mitos, Parapsicologia, Auto-Ajuda. kiber-sitherc@sapo.pt

12
Dez 10

 

            Todos os anos uma estranha tradição se realiza à sexta-feira, é um ritual na Índia que iria amedrontar a maioria das mães na Europa.

 

            Centenas de bebés são atirados do alto de uma mesquita de 15 metros, como um rito para trazer boa saúde e boa sorte para as crianças.

 

            A tradição já é realizada há mais de 700 anos por muçulmanos e hindus Musti, em uma vila no distrito de Solapur, no estado de Maharashtra, de acordo com a informações da emissora americana ´CNN´.

 

            Os bebês são atirados por sacerdotes e caem numa ‘cama protetora’ segurada por cerca de 50 homens e logo são entregues para as suas mães. Para que as crianças participem do ritual, os pais devem fazer parte do santuário muçulmano de Baba Umer Durga.

 

            De acordo com a media local, nenhuma das crianças se feriu no ritual desta última sexta-feira. Mas algumas pessoas querem que a prática seja proibida, devido ao perigo que as crianças são expostas.

 

            Activistas pró-direitos das crianças protestaram contra essa tradição, e uma comissão do governo promete investigar a prática.

 

            “O Estado tem de intervir”, disse Sanal Edamaruku, fundador e presidente da Associação Internacional dos Indianos Racionalistas, que apóia um estado laico e com maior liberdade de expressão.

 

            As crianças, a maioria com dois anos ou menos, foram atirados de cerca de 15 metros de altura. Imagens da TV mostraram alguns bebês sendo abanados e chorando antes de serem lançados.

 

PROF. KIBER SITHERC

 

 

 

 

 

kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 14:37


contador
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


contador
pesquisar
 
mais sobre mim
blogs SAPO