Esoterismo, Lendas, Mitos, Parapsicologia, Auto-Ajuda. kiber-sitherc@sapo.pt

14
Dez 10

 

            Esta lenda é originária do concelho de Campo Maior.

            Conta a história que na era de 1475, Ouguela foi tomada pelos castelhanos, travando-se então uma célebre batalha entre Portugal e Castela, a batalha de Toro que permitiu o regresso á Coroa Portuguesa da Vila.

 

            Esta batalha deu-se no lugar de Ouguela, entre João da Silva, camareiro-mor do príncipe D. João II e João Fernandes Galindo, alcaide-mor de Albuquerque, em Espanha.

 

            Do encontro morreram ambos, João Fernandes Galindo logo, e João da Silva aos vinte e oito dias depois, sem que houvesse mais derrame de sangue de ambas as partes.

 

            Diogo da Silva, bisneto de João da Silva, passando por Ouguela, mandou fazer a referida Cruz na Era de 1551, encontrando-se esta actualmente no museu de Elvas.

 

            Julga-se que esta Cruz estaria colocada perto da confluência do Abrilongo com Xévora, no local onde se teria travado o combate singular entre os dois capitães. O pedestal desta Cruz foi encontrado aquando da remodelação do castelo durante a recente década de 70.

 

PROF. KIBER SITHERC

 

 Aldeia de Ouguela - Campo Maior

kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 23:57


contador
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


contador
pesquisar
 
mais sobre mim
blogs SAPO