Esoterismo, Lendas, Mitos, Parapsicologia, Auto-Ajuda. kiber-sitherc@sapo.pt

24
Fev 11

 

            Para poder tirar dinheiro de um banco é necessário tê-lo depositado previamente. O dinheiro é o símbolo do nosso poderio e a banca é o lugar onde se guardam essas energias criadoras.

 

            O que acontecer na banca dos nossos sonhos dir-nos-á intimamente respeito. Alguém sonhou que o banco lhe comunicava que dispunha de uma imensa fortuna que ignorava.

 

             Era um momento da vida em que o sonhador se dispunha a iniciar um empreendimento de grande envergadura e de futuro incerto. O sonho avisava-o de que dispunha de energias criadoras suficientes para o levar a cabo.

 

             Outros sonhadores, pelo contrário, descobrem que o seu cheque não tem cobertura. Há que interpretar este sonho no sentido de ter esgotado a conta a de crédito que a vida concede e que toda a iniciativa está condenada ao fracasso.

 Recompensa

            “Sonhei que trabalhava num banco e que podia dar dinheiro a toda a gente. Tinha muito, muitíssimo, mas eu não podia ficar com nada”.

 

            Este sonho indica que dispõe de uma grande quantidade de recursos, bens, riquezas, mas que não sabe como utilizá-los. É o tipo de pessoa que dá excelentes conselhos, mas não os segue, que dá sorte, mas não se apercebe de que ganhou a lotaria.

 

            O sonho sugere que, para além de beneficiar os que o rodeiam, deveria aprender também a tirar proveito das suas riquezas. Caso contrário poderá deixar de as receber. Possui muita energia e criatividade e deve canalizá-las no bom sentido e aproveitá-las.

 

            A providência favorecerá os seus planos futuros, compensá-lo-á do que fez pelos outros, mas deverá pôr a funcionar o motor da sua vontade.

 

PROF. KIBER SITHERC

 

kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 15:53


contador

contador
pesquisar
 
mais sobre mim
blogs SAPO