Esoterismo, Lendas, Mitos, Parapsicologia, Auto-Ajuda. kiber-sitherc@sapo.pt

09
Fev 14
 

 

     Sabia que poderá programar a sua mente como um computador? Com certeza que já lhe aconteceu, acordar uns segundos ou minutos antes do despertador. Com as crianças acontece isso muitas vezes, são as primeiras a acordar pela manhã quando se querem divertir.

 

     A nossa mente tem duas funções: o consciente e o subconsciente. As duas têm características diferentes. O consciente é a parte da mente racional, que analisa, observa, estuda, escolhe e aceita decisões. Com a mente consciente opta-se todas as decisões da nossa vida. Poderemos escolher a nossa vocação, a localidade para viver, as nossas paixões, os nossos amigos, os nossos alimentos e os nossos hobbys. É a mente consciente que conduz (bem ou mal) todas essas opções. O consciente deixa de exercer o seu poder analítico durante o sono.

 

       Os sonhos são a dramatização do subconsciente, pois ele está sempre em constante actividade, durma você ou esteja acordado, o seu subconsciente controla automaticamente todas as funções vitais do organismo, assim como: as digestões, a respiração, a circulação sanguínea e a restituição da saúde, porque o subconsciente na sua essência natural preserva-nos a vida. 

 

     O subconsciente é um vasto arquivo de informações, de traumas e de complexos, que tudo gravou e aceitou com a cumplicidade do consciente. Se entrar na hipnose e fizer regressão, verá como foi possível o seu subconsciente armazenar todas essas informações ao longo de toda a vida.

 

O subconsciente é um servo obediente do consciente que tudo aceita sem argumentar, nem duvidar, qualquer ideia ordenada é escrupulosamente aceite como uma ordem pelo consciente, e o subconsciente porá imediatamente essa ordem em execução, sem questionar se essa mensagem é negativa e se porá em perigo a própria vida.

 

     Por isso, terá que ter cuidado com os seus pensamentos negativos, porque ao serem formulados pelo consciente passarão a ser verdadeiros pelo subconsciente e este executará algo que poderá não ser o seu desejo. Ninguém deseja falta de sorte, nem tão pouco uma vida cheia de desgraças e de azares, mas os nossos traumas intensificam os nossos pensamentos negativos e influenciarão o nosso carácter e personalidade, que criarão os nossos padrões mentais, que por sua vez influenciarão o nosso destino. Para termos um bom destino teremos que ter pensamentos positivos.

 

     A nossa educação, a sociedade e o meio ambiente, condicionam a nossa visão colectiva do mundo. Esta forma de compreender as coisas, o mito que concordamos em participar (o velho paradigma) ou padrão mental tem sido chamado por vários mentalistas: a hipnose do condicionamento social. 

 

     É através dos nossos cinco sentidos (visão, audição, tacto, gustação e olfacto), que temos acesso às experiências exteriores, os nossos sentidos limitam os nossos conhecimentos e são eles que nos causam as emoções, que por vezes são depressões e sensações negativas.

 

     Podemos manipular a nossa mente, as emoções poderão ser controladas e eliminadas é isso que veremos no próximo número.

kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 15:08


contador

contador
pesquisar
 
mais sobre mim
blogs SAPO