Esoterismo, Lendas, Mitos, Parapsicologia, Auto-Ajuda. kiber-sitherc@sapo.pt

01
Jan 10

 

            Reza a lenda que em tempos passados, São Tomé era o refúgio de todos os galos do mundo. O cocorococó que reinava nesse lugar era imenso e ensurdecedor. Em sua algazarra, os galos esqueciam-se de que não eram os únicos habitantes da ilha.
 
            Apesar de alguns estarem contentes com a alegria barulhenta das aves, outros, mais numerosos, estavam furiosos com os galináceos e resolveram mandar a eles um aviso, segundo o qual aconselhavam os galos a mudarem-se para um lugar mais afastado. Se isso não acontecesse num prazo de 24 horas, haveria guerra e o grupo vencedor poderia ficar no local.
 
            Os galos optaram pela mudança e convocaram uma reunião para decidir quem seria o chefe da expedição. Após escolherem como líder um galo grande e preto, iniciaram a viagem, após muito procurarem, encontraram o lugar que parecia ter sido feito para eles e ali se fixaram.
 
            Desde então, nunca mais se viu os galos cantarem desordenadamente, mas somente em local determinado e com hora certa. Esse lugar acabou sendo designado, pelos habitantes das ilhas, de Canta Galo. Esse local existe, ainda hoje, e tornou-se um distrito com o mesmo nome.
 
PROF. KIBER SITHERC
 
  

  

 

kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 13:55


contador
posts recentes

A LENDA DO CANTA GALO


contador
pesquisar
 
mais sobre mim
blogs SAPO