Esoterismo, Lendas, Mitos, Parapsicologia, Auto-Ajuda. kiber-sitherc@sapo.pt

16
Fev 10

 

            Donato foi um dos maiores hipnotizadores de todos os tempos. Tinha um poder hipnótico verdadeiramente assombroso. Donato, estando um dia em Paris, foi convidado a fazer uma conferência sobre as suas teorias. Um dos assistentes, depois de escarnecer da tese apresentada por Donato, desafiou-o publicamente a que o hipnotizasse. Serenamente, donato aceitou e em poucos momentos obrigou o descrente paciente a ajoelhar-se e a manter-se muito tempo nessa posição, apesar dos tremendos esforços que fazia para se levantar.
 
            Donato fazia sentar comodamente o paciente recomendando-lhe que estivesse à vontade, sem se contrair e, que se sentisse como estivesse numa noite de insónia, isto é, como pensasse só em querer dormir, e que o fixasse nos olhos. Que não tivesse receio algum. Fixando também os olhos do paciente, sem nunca baixar as pálpebras, segurava-lhe as mãos pelos pulsos e, ia-lhes apertando gradualmente.
 
            O hipnotizador não deve baixar os seus olhos diante do paciente, para não mostrar inferioridade, dizia Donato. Quando reparar então que o paciente dá os primeiros sinais de sono, dizia Donato o que facilmente pode notar por um baixar de pálpebras mais frequente e demorado, abane-lhe ligeiramente os pulsos e, com os polegares baixe-lhe as pálpebras por completo, fazendo uma ligeira pressão como que a colá-las. O paciente talvez comece agora a dormir, e gradualmente, poderá cair em sono profundo. Segundo Donato, a fixidez do olhar é fundamental para o hipnotizador.
 
            Para isso, são necessários demorados e pacientes exercícios. Poderá você, para se exercitar, colocar-se diante do espelho e fixar o seu próprio olhar durante o máximo tempo possível. A princípio, passado algum tempo, sentirá um ardor forte e os olhos a lacrimejar. Descanse um pouco de olhos fechados e, recomece fazendo isto várias vezes e, assim todos os dias.
 
            Quem usa óculos deve usar processos de hipnotização em que não seja indispensável usar o olhar porque, os óculos, além de tirarem grande parte da influência da mira devido às lentes, o olhar perde a nitidez que devia ter e, até mesmo os olhos do hipnotizador se inferiorizam perante os do paciente.
 
PROF. KIBER SITHERC
 
kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 19:33

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
pesquisar
 
favoritos

A ORIGEM DO RISO

mais sobre mim
blogs SAPO