Esoterismo, Lendas, Mitos, Parapsicologia, Auto-Ajuda. kiber-sitherc@sapo.pt

20
Mar 10

 

            O Chupa-cabra é uma suposta criatura responsável por ataques sistemáticos a animais rurais em regiões da América, como Porto Rico, Flórida, Nicarágua, Chile, México e Brasil. O nome da criatura deve-se à descoberta de várias cabras mortas em Porto Rico com marcas de dentadas no pescoço e o seu sangue alegadamente drenado. Embora o assunto tenha sido explorado na media brasileira, os rumores sobre a existência do misterioso ser foram gradualmente desaparecendo, cessando antes da virada do milénio.

            Logo após os primeiros registos dos incidentes em Porto Rico, várias mortes de animais foram relatadas em outros países como a República Dominicana, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Honduras, El Salvador, Nicarágua, Panamá, Peru, Brasil, Estados unidos e México.
 
            O primeiro caso de um animal encontrado morto e mutilado em circunstâncias misteriosas foi em Setembro de 1967, na cidade de Denver, nos Estados Unidos. Oito anos depois, uma onda de casos foi registada em Porto Rico, no distrito de Moca. Como os animais apareciam sem sangue, os jornais criaram a figura do Vampiro de Moca. Em 1995, mais mutilações misteriosas aconteceram em Porto Rico e México. Ovelhas, bois, cabras, cachorros, galinhas e gansos apareciam mortos com feridas, através das quais haviam sido extraídos órgãos internos, como o coração e o fígado. Em todos os casos, os animais eram encontrados quase sem sangue.
 
             O jornalista porto-riquenho Arnaldo Garcia passou a apresentar relatos e depoimentos em seu programa. Como a maior parte dos animais mortos eram cabras, Garcia inventou o nome chupa-cabra. Veterinários investigaram alguns casos e os atribuíram a cachorros do mato e pequenas onças. As histórias do Chupa-Cabra começaram a chegar ao Brasil em 1996, mas o fenómeno só ganhou as manchetes no ano seguinte, na cidade paulista de São Roque.
 
            Uma das primeiras notícias que se teve no Brasil sobre esse misterioso animal ocorreu em Junho de 1997. E provocou uma onda de pânico e terror na região de Campinas, interior de São Paulo. Moradores de dez cidades da região afirmavam que o animal apelidado de Chupa-cabra "arranca o cérebro, vísceras, olhos e coração das vítimas com precisão cirúrgica."
 
PROF. KIBER SITHERC 

 

 

 

kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 21:57
tags:

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
favoritos

A ORIGEM DO RISO

mais sobre mim
blogs SAPO