Esoterismo, Lendas, Mitos, Parapsicologia, Auto-Ajuda. kiber-sitherc@sapo.pt

21
Mar 10

 

            Segundo o mito do Negro D'água, ou Nego D'água habita diversos rios tais como o rio Tocantins e o rio São Francisco, onde possui um monumento do escultor juazeirense Ledo Ivo Gomes de Oliveira, obra com mais de doze metros de altura e que foi construída dentro do leito do rio São Francisco, em sua homenagem, na cidade de Juazeiro (Bahia).
 
            Ele manifesta-se com as suas gargalhadas, é preto, careca, mãos e pés de pato, o Negro D'água derruba a canoa dos pescadores, se eles se lhe recusarem dar um peixe.
 
            Em alguns locais do Brasil, ainda existem pescadores que, ao sair para pescar, levam uma garrafa de cachaça e a atiram para dentro do rio, para que não tenham a sua embarcação virada.
            Dizem que o pescador que conseguir cortar uma das garras do Negro D'água, torna-se seu amigo.
 
            Há relatos bastante comuns entre as pessoas ribeirinhas, principalmente na Região Centro-Oeste do Brasil, muito difundida entre os pescadores, dos quais muitos dizem já o terem visto. Segundo a crença do Negro D'Água, ele costuma aparecer para os pescadores e outras pessoas que estão em algum rio. Dizem que ele costuma tomar sol em lugares desertos nas pedras dos rios. Não se há evidências de como surgiu esta Lenda, o que se sabe é que o Negro D'Água só habita os rios e raramente sai dele, a sua função seria como amedrontar as pessoas que por ali passam, como partindo anzóis de pesca, furando redes dando sustos em pessoas de barco, etc.
 
            O Negro D’água, também chamado Caboclo-d'água, e Bicho-d'água, é um dos mitos aquáticos mais populares na região do vale do rio São Francisco. Ninguém sabe como ele surgiu. Vive nas barrancas e alagadiços. Segundo as descrições mais comuns, é baixo, há quem diga que ele é alto, apresentando nadadeiras como de um anfíbio, corpo coberto de escamas mistas com pele. Troncudo, musculoso, muito forte, tem a pele cor de bronze e um só olho no meio da testa. Apesar de seu tipo físico, movimenta-se de forma muito rápida e ágil. Às vezes sai do rio e caminha pela terra, geralmente para praticar alguma vingança ou fazer algum favor, mas nunca se afasta muito das margens. Para muitos, é um só e possui poderes para estar em vários lugares ao mesmo tempo.
 
PROF. KIBER SITHERC
 
 
 
kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 21:44
tags:

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
favoritos

A ORIGEM DO RISO

mais sobre mim
blogs SAPO