Esoterismo, Lendas, Mitos, Parapsicologia, Auto-Ajuda. kiber-sitherc@sapo.pt

26
Mar 10

 

                Há na cidade de Candelária, no Rio Grande do Sul, Brasil, um morro muito alto chamado morro Botucaraí. Conta a lenda que por volta do ano de 1850, um grupo de adolescentes resolveram escalar o morro e acampar no seu topo.


            Saíram muito cedo e o dia estava muito bonito. Começaram a escalar o morro, quando estavam mais ou menos na metade da escalada um deles disse ouvir passos, pensaram eles que fosse mais alguém escalando o morro e prosseguiram.

 

            De repente o tempo foi fechando e sem nenhuma explicação começou a chover torrencialmente. Como o grupo não podia voltar, subiu até o topo para esperar que a tempestade parasse. Quando chegaram ao topo, algo mais terrível aconteceu. Na caverna que ficava no topo, os rapazes procuraram abrigo e ficaram lá toda a noite, assim esperaram incansavelmente que a tempestade passasse.


            Quando amanheceu só um dos rapazes estava na caverna. Os outros haviam desaparecido misteriosamente.

            Toda a cidade fez buscas pelo morro e nunca encontrou os outros rapazes.

            Conta a lenda que esse rapaz que permaneceu sozinho, no topo do morro que procurou os seus amigos e nunca os encontrou, ficou tão transtornado que nunca mais desceu do morro e se tornou o lendário monge do morro Botucaraí. Ele jurava que todas as noites os seus amigos desaparecidos o visitavam no topo do monte.

 

PROF. KIBER SITHERC 

 

 

 

 

kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 02:05

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
pesquisar
 
favoritos

A ORIGEM DO RISO

mais sobre mim
blogs SAPO