Esoterismo, Lendas, Mitos, Parapsicologia, Auto-Ajuda. kiber-sitherc@sapo.pt

30
Mar 10

 

                Esta lenda de Angola, pretende esclarecer sobre a origem dos Tchokwé e dos Mataba, conta-nos que, há muitos anos atrás, veio do nordeste, um Soba muito poderoso, e com um exército mais numeroso do que um formigueiro, em conquista das terras de Lunda.

 

            Para facilitar o avanço no mato muito cerrado, este Soba de nome Muata-Yânvua, mandou dois dos seus melhores guerreiros à frente, com um grupo de escravos cada um, para abrir caminho ao séquito real.

 

            Quando chegaram à região dos Tchokwé, um desses guerreiros, de nome Fota, continuando fiel a Yânvua, decidiu ficar por ali e esperar o chefe

            Outro dos guerreiros de nome Katende, não quis esperar pelo resto da comitiva, desentendeu-se com Fota, e continuou o avanço para as planícies do Alto Zambeze, lá se estabelecendo em definitivo, se proclamou rei, e fundou a nação Mataba.

 

            Ao Soba Muata-Yânvua, agradaram as terras escolhidas pelo fiel Fota, e retomando a chefia do seu povo, ali decidiu-se estabelecer-se, fundando a nação Tchokwé.

 

            É de notar também, que raramente existe uma só lenda, quando o assunto concerne ao aparecimento ou fundação de uma nação; de aldeia para aldeia, as lendas às vezes diferem tanto, que quase não tem pontos em comum.

 

            As lendas são variadíssimas, sem que para isso se encontre uma razão plausível; à falta de explicação melhor, aceita-se a de mudança pela modificação de geração para geração, de aldeia em aldeia.

 

            Em cada transmissão de geração, e em cada aldeia, suprimindo um pouco e acrescentando outro tanto, ao final de cinco ou seis gerações, a lenda está mais ou menos do mesmo tamanho, mas diametralmente diferente de um lugar para outro.

 

PROF. KIBER SITHERC

 

 

 

Desenhos tradicionais dos Tchokwés

kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 17:53

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
pesquisar
 
favoritos

A ORIGEM DO RISO

mais sobre mim
blogs SAPO