Esoterismo, Lendas, Mitos, Parapsicologia, Auto-Ajuda. kiber-sitherc@sapo.pt

30
Dez 09

 

            Liky-raka é uma grande gruta situada no topo da montanha Uatu Lawa, cerca de três quilómetros acima da estrada entre Baucau e Viqueque. Reza a lenda que há muitos anos atrás, um homem chamado Loi Huno, foi caçar numa gruta. Loi Huno levou com ele uma grande tocha para iluminar a gruta, que era escura e estava habitada por centenas de morcegos.
 
            Passou largas horas a caçar morcegos, e quanto mais tempo caçava, mais fundo ia entrando na gruta. Quando finalmente Loi Huno se apercebeu que tinha ido longe demais, e queria voltar a sair, a sua tocha apagou-se. A escuridão rodeou-o. Loi Huno passou alguns dias a tentar encontrar a saída da gruta, mas sem sucesso. Quando ficou com fome, comeu os morcegos que tinha apanhado e quando já não havia morcegos para comer, começou a comer as próprias roupas.
 
            Um dia, duas cobras compridas, uma preta e outra branca, encontraram o homem perdido. Loi Huno agonizava. As cobras ofereceram-se para o ajudar a encontrar a saída.
 

            Então, decidiu seguir a cobra branca que o guiou por um riacho dentro das montanhas. Era um riacho tenebroso e longo... muito longo…
            Entretanto, na sua aldeia em Viqueque, a família e os amigos de Loi Huno, tinham perdido a esperança de o encontrarem com vida. Ele tinha desaparecido há já um ano, e eles estavam a assinalar o primeiro aniversário, do que eles pensavam ser o dia da sua morte. Durante a cerimónia, começaram a aparecer rachas na montanha Uata Lawu. Um som profundo irrompeu da terra, e esta abriu quando um riacho forte e furioso explodiu em forma de jacto. Tinha irrompido uma queda de água na encosta de Uata Lawu, e Loi Huno estava sentado nu numa das rochas.
            As pessoas olhavam com espanto o que se estava a passar e alguns decidiram dar as suas roupas a Loi Huno, que estava nu.
 
            Com o súbito acontecimento, a cerimónia do aniversário da morte foi transformada numa festa de boas-vindas para Loi Huno. Depois do seu aparecimento miraculoso, Loi Huno nunca mais voltou a ser visto, mas a queda de água continua e é, muito provavelmente, o mais popular parque de merendas de Viqueque nos dias de hoje.
 
PROF. KIBER SITHERC
 

 

 

kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 17:20

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pesquisar
 
favoritos

A ORIGEM DO RISO

mais sobre mim
blogs SAPO