Esoterismo, Lendas, Mitos, Parapsicologia, Auto-Ajuda. kiber-sitherc@sapo.pt

06
Jan 10

 

            Esta lenda é de Santa Cruz da ilha das Flores.

            A estatueta de Santo Amaro, foi encontrada no rolo além da Baixa Rasa, proveniente talvez de um naufrágio. Sabe-se que o facto ocorreu há mais de trezentos anos. O rolo passou chamar-se o Rolo de Santo Amaro, assim como todas as terras circundantes.

            O Santo foi trazido para a Igreja Paroquial, e por mais tentativas que fizesse o povo, descobria sempre logo que amanhecia, o Santo onde fora encontrado. Santo Amaro fugia de todo e qualquer lugar onde o fechassem ou colocassem, preferindo sempre regressar ao lugar onde fora descoberto.

            Perante o sobrenatural, o povo curvou-se a vontade de Santo Amaro e edificou uma capela nesse lugar, apelidando-o de Santo Amaro. Vive quem ainda se lembre do aparecimento de uma fonte cuja água, permitiu uma produção de barro, para uma construção da dita capela. Deram-lhe o nome de Fonte de Santo Amaro.

           
O povo continua anualmente um celebrar, no primeiro domingo de Setembro, o antigo talento de evasão protagonizado pela estátua de Santo Amaro.
 
PROF. KIBER SITHERC
 

 

 

 

 

kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 15:20

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
pesquisar
 
favoritos

A ORIGEM DO RISO

mais sobre mim
blogs SAPO