Esoterismo, Lendas, Mitos, Parapsicologia, Auto-Ajuda. kiber-sitherc@sapo.pt

24
Jan 10

 

            O método da estrela, é uma técnica muito usada no mundo do hipnotismo, é uma técnica cuja autoria não nos parece conhecida, este método foi usado por vários hipnotizadores.
            Estando o paciente bem acomodado na cadeira ou no sofá, com os músculos relaxados ordena-se ao paciente que feche os olhos, sem qualquer tentativa prévia de fascinação.
            - Você agora vai usar de toda a capacidade de concentração nas minhas palavras… toda a sua força de imaginação nas minhas palavras… toda a sua capacidade de concentração no que lhe vou sugerir.
            O paciente está na expectativa, ainda não sabe o que sugerirá. Após uma pausa de, pelo menos, dez segundos:
 
            - Uma estrela solitária no céu… fixe bem lentamente… lentamente, a estrela aproxima-se de você. E, à medida que a estrela se aproxima, o seu brilho aumenta… a estrela, cada vez mais brilhante… aproxima-se cada vez mais. A estrela vem chegando cada vez mais perto…
            Há pacientes que nesta altura cobrem os olhos, embora fechados, a fim de proteger a vista contra o deslumbramento.
 
            - A estrela continua a aproximar-se… ela vem chegando cada vez mais perto… a estrela aproxima-se cada vez mais… a estrela vem chegando… chegando, cada vez mais se aproxima.
            Essas frases, repetidas com uma monotonia rítmica, não deixam de surtir efeito.
 
            - Agora, que a estrela está próxima, o movimento contrário… novamente a estrela se afasta para o céu distante… vamos agora acompanhar a estrela em sua fuga pelo espaço… até a estrela sumir de vista… até a estrela desaparecer completamente no céu.
            Há pacientes que levam a recomendação da estrela muito ao pé da letra. Afirmam laconicamente que não conseguem ver estrela alguma. Nem por isso a referida sugestão deixa, em muitos casos, de surtir efeito. A estrela, que paciente (mais auditivo do que visual) não consegue visualizar, troca-se frequentemente, pela voz do hipnotizador. Em lugar da estrela que se aproxima e depois se afasta até desaparecer no céu, entra a voz do hipnotizador. Quando ele, hipnotiza, afirma que a estrela vai fugindo, distanciando-se cada vez mais, até desaparecer de vista, é a sua voz que foge aos conscientes do paciente até emudecer.
 
            Alguns pacientes têm feito esta declaração:
            - Eu não tive forças para imaginar a estrela que o senhor sugeriu, mas, quando o senhor disse que a estrela ia desaparecendo, o que desapareceu foi a sua voz… e não ouvi mais nada até à hora de acordar.
 
PROF. KIBER SITHERC
 
 
kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 15:42

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
pesquisar
 
favoritos

A ORIGEM DO RISO

mais sobre mim
blogs SAPO